Cidade Itapoã: Atenção redobrada e retirada de 260 toneladas de lixo doméstico, inservíveis e Resíduos sólidos

0
147

Por: Eduardo Magregor.

Os cuidados com a saúde da população estão presentes não apenas no pensamento do gestor da cidade, ações assumidas demonstram o caráter destes cuidados em cada passo para o combate a dengue junto ao Governo do Distrito Federal

Lixões a céu aberto e o combate contra a Dengue.

*Imagem cedida por: Administração regional do Itapoã. Local em que foi retirado as 260 toneladas. Hoje fazendo parte do Itapoã após a aprovação da poligonal.

Está é uma forma inadequada de descarte que por si só assume uma característica negativa para o meio ambiente e para a saúde da própria população.

A descarga sobre o solo ou em vias públicas, prediz medidas que devam interromper tais atos de agressão à saúde pública a lei Distrital n° 5.650/2016 tem sua base de valor e peso  justificado.

ITAPOÃ: 260 Toneladas de lixo doméstico, inservíveis e Resíduos sólidos retirados do Córrego do Bálsamo/Setor Hoje pertencente ao Itapoã após a aprovação da poligonal.

Os resíduos lançados a céu aberto nos trás inúmeros problemas de saúde pública, alguns exemplos de proliferação de vetores de doenças (moscas, mosquitos, baratas e ratos, etc.), geração de maus odores e principalmente, a poluição do solo e das águas superficiais e subterrâneas através do chorume (líquido de cor preta, mau cheiroso e de elevado potencial poluidor produzido pela decomposição da matéria orgânica contida no lixo), comprometendo os recursos hídricos. O Governo do Distrito Federal tem agido junto aos seus Administradores Regionais para estabelever o contrário aos fatos citados.

*Imagem cedida por: Administração regional do Itapoã.

Em termos ambientais, os lixões agravam a poluição do ar, do solo e das águas e ainda provocam poluição visual. Estamos presentes para conscientizar a população do Itapoã sobre este malefício que asola não apenas nossa cidade mais o mundo inteiro. Diz Valdemar Medeiros Administrador Regional do Itapoã. 

Fonte: Blog Olhar Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui