Administração Regional do Itapoã: em campanha para o não jogar lixo em via pública da cidade

0
228

A cidade Itapoã esta no caminho certo: Conscientização é uma ferramenta saudável para orientar a população.

Por: Eduardo Magregor.

O administrador Regional Valdemar Medeiros colocou a mão na massa literalmente ” dando exemplo junto aos funcionários na pintura das artes adicionada nas paredes e em pontos no chão na Avenida do Murão,( Local este de passagem de pedestres /calçada  onde o jogo de lixo era muito grande “.

*Imagem cedida por: Administrador do Itapoã e equipe.

A campanha foi criada a partir da Administração Regional onde no local que agora está a receber as pinturas, havia lixeiras antigas colocadas em Governos passados, hoje com as mesmas retiradas para evitar tal jogo desordenado de lixo, como colchões, máquinas de lavar, sofás e até guarda roupas desmontados na via de passagem de pedestres.

Avenida do Murão:

No período de todo o dia diversos moradores passam pelo local, inclusive para fazerem sua caminhada matinal ou se deslocarem ao mercado próximo ou até mesmo pegarem sua condução para seguirem aos seus trabalhos, pois na Avenida do Murão também possui pontos de embarque e desembarque da comubudade.

Neste período ouve Campanha com carro de som, postagens nas redes sociais e panfletagem realizada pela equipe nas ruas conversando orientando os moradores do setor, os avisanso da mudanca de habito que deva se propícia ao acerto neste momento de mudança, pois temos leis e elas devam ser respeitadas. ” Jogar lixo em via pública é crime e gera multa- Lei Distrital n° 5.650/2016.

 

O conscientizar da população do não jogar lixo na rua/via pública é algo muito importante para toda a cidade tendo isto como um caráter de costume que deva ser culturalmente modificado e que assim possar ser inserido o positivo no dia a dia de cada morador tocando a consciência deles demonstrando que juntos podemos cuidar da cidade Itapoã.

A falta desta conscientização nas pessoas é o grande fator dos problemas com os lixos jogado na rua. É algo enraizado, você percebe quando as pessoas estão andando, por uma ação automática,  jogam os lixos nas ruas, mesmo tendo as lixeiras próximo delas.

Precisamos alertar sempre as pessoas para que isso encaixe na cabeça e que a ação automática não seja jogar o lixo na rua. Diz Valdemar Medeiros Administrador Regional do Itapoã. 

*Imagem cedida: Pintura sendo realizadas nas paredes do Murão chegando ao Hipermercado Bevia.

Em pesquisa:

Só para se ter uma idéia, apenas  metade do lixo é coletado no país, desta metade, uma pequena parcela vai para os locais adequados, como aterros sanitários, incineradores, usinas de reciclagem e compostagem.

Uma outra parte é jogada em rios que abastecem regiões inteiras, ou levada para lixões clandestinos a céu aberto. Nesse cálculo, entra também o lixo jogado nas ruas, aquele que entope bueiros e galerias de águas pluviais, provocando enchentes desastrosas na época das chuvas.

Os problemas causados pelo lixo

O lixo que o ser humano produz e joga no planeta todos os dias é um risco muito sério à saúde de todos os seres vivos e do planeta em si.

São bilhões de pessoas morando no planeta Terra. Dê uma olhada na lixeira da sua cozinha. Repare o quanto aquele lixo aumenta todos os dias. Depois, tente imaginar que cada uma das famílias do mundo (esses bilhões de pessoas) faz a mesma coisa, diariamente. Dá para imaginar o tamanho do lixo?!

Veja alguns dos problemas que o lixo pode causar:

Doenças: O lixo que vai para lixões a céu aberto ou terrenos baldios produz bactérias e fungos. Também atrai baratas, ratos, moscas, mosquitos etc. Esses animais podem transmitir doenças sérias, como dengue, febre tifóide, cólera, disenteria, peste bubônica e leishmaniose.

Chorume:

é um líquido mal-cheiroso e nojento que o lixo acumulado produz quando vai se decompondo. O chorume é dez vezes mais poluente que o esgoto. Isso porque, além de conter matéria orgânica apodrecida, ele tem substâncias químicas e metais muito tóxicos. O chorume contamina o solo e pode chegar aos lençóis freáticos (espécies de rios subterrâneos que existem por toda a Terra e que jogam sua água nos mares, lagos, mangues e rios). Quanto mais o chorume se espalha, mais vai poluindo.

Inundações:

garrafas de PET, sacos plásticos e outros lixos são levados pelas águas numa chuva forte. Eles acabam entupindo bueiros e até impedindo os rios de correrem por seus leitos. Isso causa inundações terríveis. A água suja das inundações estraga as casas das pessoas, mata animais domésticos e causa mais doenças na população.

Fonte: Blog Olhar Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui