Deputado Federal Julio César: Veto 17/2020 reorganizar as finanças e identificar onde se deve gastar é algo essencial neste novo cenário do país

0
220
*Imagem arquivo mídia.

A nossa econômico vem sofrendo os impactos causados pelo novo coronavirus. E neste exato momento todos nós devemos colaborar e pensarmos juntos em um futuro melhor para o nosso país.

Por: Eduardo Magregor-

VETO 17/2020: 

O veto do Presidente da República impede o reajustes salariais para os profissionais  de saúde, educação e segurança pública durante a pandemia causada pelo Novo Coronavirus.

Estamos preparados para assumir uma condição de gastos desta magnitude?

É necessário termos muita cautela. Devemos racionalizar neste momento, mantendo  a essência no combate ao vírus. O Planejamento deva servir neste exato momento para decidir onde os investimentos devam sim ser feitos, evitando claramente abismos a nossa frente.

A nossa sociedade precisa de mais orientação e informação sobre tudo ao nosso redor. Na política, muitos representam seus próprios interesses enquanto outros exercem o seu papel de forma visível e apta a exercer a sua responsabilidade assumida, agindo pelo melhor da população/nação sempre.

VETO 17/2020. VOTEI SIM PELO CRESCIMENTO DO BRASIL: DIZ O DEPUTADO FEDERAL JÚLIO CÉSAR RIBEIRO ( REPUBLICANOS).

O Brasil precisa avançar. É momento de sensatez e união. A pandemia chegou trazendo efeitos irreversíveis na economia brasileira.

Empresas ainda seguem fechando e pessoas que perderam seus empregos estão passando grandes necessidades.

A manutenção do veto 17/2020 do presidente Jair Bolsonaro, foi necessária para que Brasil retorne a sua rota de crescimento. A medida vai economizar cerca de R$ 130 bilhões que poderão ser utilizados na recuperação econômica que o país tanto necessita. Ressalta o então Deputado Júlio César.

Fonte: Blog Olhar Digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui