O presidente sou EU: Bolsonaro manda cancelar compra de vacina chinesa 

0
118

Mais cedo, presidente já havia declarado que não vai comprar o que ele chamou de “vacina de João Doria”

O presidente Jair Bolsonaro disse que já mandou cancelar a compra das 46 milhões de doses da Coroanvac, vacina chinesa em produção para o combate ao novo coronavírus. Ao falar do tema, Bolsonaro afirmou: “O presidente sou eu”.

Leia também:

Deputado Federal Júlio César: nitazoxanida contra a Covid-19.

DF Sem Miséria: 58,7 mil famílias recebem benefício em outubro.

“Já mandei cancelar”, disse. “O presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade, até porque estaria comprando uma vacina que ninguém está interessado por ela, a não ser nós”, prosseguiu. A declaração foi dada em Iperó-SP, nesta quarta-feira (21).

Bolsonaro seguiu atacando o governador de São Paulo, João Doria. Doria declarou na semana passada que a vacinação no estado seria obrigatória. “Essas são as palavras dele”. “Isso é de uma decisão autoritária que dispensa comentários”, disparou.

Confusão

Na terça (20), o Ministério da Saúde havia anunciado a compra das doses da vacina chinesa Coronavac. No Brasil, ela é produzida em conjunto com o Instituto Butantan. No entanto, nesta quarta (21), Bolsonaro declarou que não vai comprar o que ele chamou de “vacina de João Doria” e que só vai adquirir vacina após comprovação científica.

Fonte: Jornal de Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui