COLUNA-DANI SALOMÃO | O sinal vermelho contra a violência doméstica é lei no Distrito Federal

0
60

O SINAL VERMELHO é lei no Distrito Federal e a partir de março, os estabelecimentos (comércios, condominios, hotéis, salões de beleza, e entre outros), todos eles podem se cadastrar e receber o cartaz e o treinamento para seus funcionários oferecido pela Secretaria da Mulher do DF.

Campanha Sinal Vermelho foi lançada em junho de 2020 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), como resultado do grupo de trabalho criado para elaborar estudos e ações emergenciais voltados a ajudar as vítimas de violência doméstica durante a fase do isolamento.

*Campanha ” Coluna – Dani Salomão ” Verdades com opinião ” contra a violência Domestica”.

Não à violência

A iniciativa tem como meta ajudar as mulheres em situação de violência doméstica a buscarem socorro nas farmácias de todo o país. Basta a vítima marcar com um batom, ou mesmo caneta vermelha, a letra “X” na palma da mão, sinalizando que está em perigo, e um balconista ou o dono do estabelecimento ligará, imediatamente, para o 190. Ao todo, 10 mil farmácias e drogarias brasileiras aderiram ao projeto.

“O símbolo ‘X’ é uma proibição, quer dizer ‘não à violência doméstica’”, explica Mayara Rocha. “Não necessariamente tem que ter a marca, é só mostrar a mão ao farmacêutico ou balconista que eles já estão treinados para agir nessa situação.”

Veja o vídeo:

O Brasil, ocupa o quinto lugar no ranking mundial de países onde mais se matam mulheres dentro do contexto doméstico e familiar, medidas preventivas, como a da campanha Sinal Vermelho, são sempre bem-vindas.

Se cadastrar é muito fácil! Basta clicar no link abaixo e preencher as informações necessárias e aguardar o nosso contato.

Vamos unir forças na luta pelo enfrentamento à violência contra a Mulher no DF.
*Adesão da primeira-dama Mayara Rocha e de órgãos do governo reforça empenho no combate à violência contra a mulher. Secretária de Desenvolvimento Social.

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfb_HYvfWKPybqMry6w1cLq718dmykgOgqSdg9TsGyTdrVgtw/viewform

Fonte: Secretaria da Mulher do DF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui