Governador Ibaneis Rocha tira Capital Federal do Estado de emergência em relação ao novo Coronavirus

0
940

O DF já não é mais considerado uma unidade da federação em “estado de emergência para o novo coronavírus”. O DF passou para “situação de atenção”, segundo o anúncio do Ministério da Saúde.

Por: Eduardo Magregor.
Em sua sagas trajetória contra o coronavirus, o Governador do Distrito Federal Federal Ibaneis Rocha consegue tirar nossa Capital Federal do estado de emergência para o novo Coronavirus em seus 44 dias de pandemia.

Neste período muito foi feito para que todos os cuidados fossem tomados evitando uma proliferação sem precedentes, levando assim a maiores perdas em todos os sentidos que possa acarretar esta palavra diante de tudo que podia acontecer sem as atitudes certas a serem tomadas para proteger a população Distrito Federal.

Quem teme ser vencido tem a certeza da derrota. Disse uma vez: Napoleão Bonaparte.

Um Governador que até pouco tempo atrás seguia sua vida como empresário e advogado.

Se tornou o primeiro Governador eleito Nascido na Capital. Ibaneis Rocha nasceu no Hospital de Base do Distrito Federal em Brasília, mas passou a infância no interior do Piauí.

Formado em Direito pelo Centro Universitário de Brasília ( UniCeub ) e pós Graduado em Direito processual do trabalho e Direito processual Civil. Durante a juventude, Ibaneis Rocha trabalhou como feirante, empacotados e comerciante.

Um pequeno resumo que demonstra claramente que devemos provar do amargo antes do doce e assim valorizamos todas as nossas conquistas.

A saúde do Distrito Federal entre muitos outros compromissos foi algo firmado pelo Governador.

Desde então vem lutando para tirar a saúde pública da situação crítica deixada por Governos passados.

O que ninguém esperava era que em seu pouco tempo de Governo, o nosso país seria surpreendido por um mal invisível a olho nu sob uma velocidade de transmissão tão rapida como veio a consumir diversos países deixando toda a Europa e países de grande potência, impotentes para combater tal alastramento.

O vírus chegou ao Brasíl é foi questão de tempo para também chegar a nossa capital. Com a luz Azul acesa para tomar as medidas de proteção junto a toda a sua equipe, ali de olhos bem abertos.

O Governador montou uma sala no Palácio do Buriti ao lado da sua com monitores que informam números de contágios da pandemia no mundo, no Brasil e no Distrito Federal. O painel ali sendo capaz de dividir por gênero a quantidade de pessoas infectadas passando as informações em tempo real. As antenas estão ligadas e o comportamento sobre os cuidados tomados em decretos evitando a manifestação da doença foi a melhor solução, mais em momento algum deixando a população, pequenos comerciantes, pessoas de baixa renda ou até mesmo desempregadas desassistidas isto junto ao Governo do Distrito Federal, Câmara legislativa do Distrito Federal em menção a todos os deputados que se mobilizaram através de emendas parlamentares, doação para uso de espaços para montagem de UTI e até metade do seu salário sendo este um caso a parte citando aqui o jovem Deputado Distrital Eduardo Pedrosa destacando-se sempre por atitudes comuns de ajuda a população. Parabéns Deputado.

O sacrifício é o intervalo entre o seu objetivo e a sua glória. Primeiro eles te ignoram, depois riem de você, depois brigam. E então você vence por todos. Disse uma vez: Mahatma Gandhi.

O Distrito Federal na primeira semana de março se tornava a terceira entidade da federação contaminada por COVID-19.

O Governador Ibaneis Rocha nos disse “Estamos em guerra”, anunciando a primeira medida de combate, estabelecendo a suspensão das atividades em todas as instituições de ensino públicas e privadas, além de eventos que exigiam licenças do governo do Distrito Federal.

Com 34 casos confirmados, o governador restringiu mais atividades: lojas em shoppings centers, feiras populares, clubes recreativos, zoológicos, parque recreativos e casa noturnas.

O momento mais crítico e preocupante com o número de infectados saltando para 511 pessoas em 24 horas, ou seja, 1,6% a mais. Em todo o país, o aumento no mesmo período foi de 16,1%. Após constatado os números o decreto para o isolamento social foi necessário, com 56,47% da população aderindo ao recolhimento social, conforme apontado em pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP).

Segundo o Ministério da Saúde, as medidas de isolamento adotadas por Ibaneis muito antes de qualquer outro estado da federação, foram as principais formas de reduzir a velocidade de contágio do novo coronavírus na capital da República.

Ontem, o Ministério da Saúde apontou que o Distrito Federal  já não é mais considerado uma unidade da federação em “estado de emergência para o novo coronavírus”. O DF passou para “situação de atenção”, segundo o anúncio do Ministério da Saúde.

Isto vem a significar, que o número de casos em Brasília vem diminuindo em comparação com os outros Estados.

No boletim do GDF mostra 814 pessoas infectadas e 24 mortes. Embora lamentando as perdas, são números a baixo em relação as previsões de 15 dias atrás.

Agora o Governador Ibaneis Rocha tenta recuperar a autoestima da população de Brasília e recuperar  com muito trabalho a economia do Estado.

O comércio será reaberto a partir do dia 3 de maio. O governador liberou 1 milhão de máscaras para os trabalhadores que entram em campo para se cuidarem evitando um possível contágio

O desespero é o caminho mais longo para se chegar à vitória. Disse uma vez: Mário Sérgio.

E tempo de nos cuidarmos, é tempo de sabermos que juntos somos mais fortes pelo nosso Estado, município ou cidade pelo nosso país.

Fonte: Blog Olhar Digital. 

” Olhar Digital, uma razão para escrever, uma ação para informar “.

Artigo anterior
Próximo artigo
Eduardo Magregor
Criado por Eduardo Magregor jornalista, escritor, desenvolvedor de leis e projetos. O OLHAR DIGITAL- Blog digital popular é um veículo de informação sociocultural que esta ingressado no segmento de comunicação para fazer a diferença! O blog reuni com exatidão conteúdos de cunho suscetível, destinado a comunicar ou notícia com seriedade assuntos adjuntos ao nosso Governo no que se desfere em melhorias e benefícios. Dentre o proferido incluem-se matérias especiais, entrevistas e artigos das maiores autoridades, cases de empresas inovadoras, em suma, ter como finalidade levar ao conhecimento do público a expressão fiel dos fatos e a soma do bem atribuído à nossa sociedade.