Deputado Federal Julio César fala sobre INTOLERÂNCIA religiosa na fala do roterista Fábio Porchat

0
644
Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de terceiros. Pode-se constituir uma intolerância ideológica ou política, sendo que, ambas têm sido comuns através da história.
Deputado Júlio César: 
Já não bastasse um filme pífio produzido pela Porta dos Fundos, onde há unicamente uma afronta clara contra fé cristã, mais uma vez o roterista Fábio Porchat dispara contra os cristãos afirmando que “Se Jesus voltasse hoje, seria gay ou travesti”. Em que pese à laicidade do nosso país, cabe a todos nós o respeito às crenças independentemente da prática escolhida por cada brasileiro.

” Diversos portais de comunicação postaram tal fala diante da falta de respeito seguida pela mesma, nela existe o apontamento/ataque aos que sob suas escolhas acreditam em Deus. “

 

Aquilo que, para muitos, parece insignificante, para aqueles que professam uma fé cristã é uma agressão, já que há uma ofensa envolta pelo escárnio e menosprezo da mais alta figura do cristianismo, que é o Senhor Jesus.

LEIA MAIS :

No Brasil o professor temporário sempre foi a solução, nunca um problema.

Ministério Público quer garantir mais proteção às vítimas de estupro.

Como cristão, repudio essa afirmativa preconceituosa e agressiva contra os princípios do cristianismo.

A vida não foi feita para ofender as pessoas. Afirmações como está alimentam o ódio contra os cristãos, geram divisão e preconceito. O que me deixa estarrecido é que ações como essa são levantadas por aqueles que tanto defendem a “tolerância”.

É lamentável que mais uma vez usem o nome de Jesus para se autopromoverem e principalmente para ferirem a fé de milhares de brasileiros cristãos, disseminando o ódio e a divisão em nosso país.

Estas são as falas do parlamentar Júlio César Ribeiro, na íntegra.

Fonte: Blog Olhar Digital & Assessoria de comunicação.