Mulher encontrada ferida no Parque da Cidade diz desconhecer agressor

0
621
A ocorrência foi registrada e está em investigação de forma prioritária na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher.
 depoimento à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), Fabíola Lima Batista Botelho, 33 anos, encontrada ferida no Parque da Cidade, na tarde desta quinta-feira (22/10), afirmou que não conhece o agressor. Ela contou a sua versão dos fatos, após ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e receber alta médica.

Aos policiais, a vítima detalhou que foi abordada por um desconhecido quando saía de um centro comercial. Acrescentou que foi ameaçada verbalmente pelo suspeito, que a orientou para que ela o encontrasse no Parque da Cidade. Fabíola seguiu até o local encontrou o homem, que a atacou.

Ainda de acordo com o depoimento da mulher, o crime pode ter sido cometido a mando de seu ex-companheiro. O caso está em investigação de forma prioritária na unidade especializada.

Quando os militares chegaram ao local, verificaram que Fabíola tinha ferimentos superficiais na barriga, pescoço, braços e pernas, além de um corte profundo na mão esquerda.

Ferimentos

Fabíola foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros com vários ferimentos, aparentemente provocados por golpes de arma branca. O suposto crime ocorreu na estrutura conhecida como Castelinho, que fica no Estacionamento 3 do Parque da Cidade.

LEIA TAMBÉM:

PMDF prende mulher furtando celulares em sinal de trânsito na Asa Sul.

Traficantes de fósseis encontrados no Ceará são alvo de operação da PF.

Às 12h36, um segurança do parque encontrou a vítima ensanguentada. A própria Fabíola ligou para o telefone 193 pedindo socorro e informou ter sido agredida pelo ex-namorado, cujo nome não foi divulgado.

Fonte: Metropoles.