0
732

Governo do Distrito Federal alinhado com à ONU no combate aos impactos socioeconômicos da pandemia. 

Conheça o plano de ação global para mudar o mundo até 2030.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável

A Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta. São objetivos e metas claras, para que todos os países adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global que orienta as escolhas necessárias para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro.

Este é um plano para governos, sociedade, empresas, academia e para você.

Mas, afinal, como chegamos a esta agenda global de desenvolvimento?

O desenvolvimento que procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades.


A Agenda 2030: Um plano de ação global para um 2030 sustentável

A Agenda 2030 consiste em uma Declaração, em um quadro de resultados – os 17 ODS e suas 169 metas -, em uma seção sobre meios de implementação e de parcerias globais, bem como de um roteiro para acompanhamento e revisão. Os ODS são o núcleo da Agenda e deverão ser alcançados até o ano 2030.

Em conformidade com a Agenda 2030 e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a ONU observa que a recuperação dessa crise deve levar à construção de economias inclusivas e sustentáveis, mais resistentes ao enfrentar pandemias e mudanças climáticas. “O que o mundo precisa agora é de solidariedade”, enfatiza o secretário-geral da ONU, António Guterres. “Com solidariedade, podemos derrotar o vírus e construir um mundo melhor.”

Em meio a este cenário preocupante, o Governo do Distrito Federal implementou diversas ações, alinhadas às diretrizes da ONU e à Agenda 2030, para diminuir os prejuízos causados pela pandemia do novo coronavírus. Em parceria com o Banco Regional de Brasília (BRB), criou o Supera-DF, um programa idealizado para ajudar as pessoas, físicas e jurídicas, a superarem as dificuldades e os desafios causados pela pandemia do novo coronavírus.

O governo local beneficiou, também, o programa de crédito para empreendedores das áreas urbanas e rurais, com a suspensão do pagamento de parcelas e a redução de juros, bem como adquiriu alimentos de produtores locais, ajudando no escoamento da produção, e doou os insumos para instituições que atendem pessoas em situação de risco alimentar e social.

Na área social, o GDF arrecadou doações para entidades carentes, aprovou a isenção do pagamento da conta de luz por 90 dias para consumidores de baixa renda e assinou parcerias com hotéis de Brasília para hospedar idosos sem moradia adequada durante a pandemia da covid-19. Além de adotar medidas de atendimento para a população em situação de rua, com instalação de alojamento provisório no Autódromo e ampliação da oferta de vagas no Serviço de Acolhimento Institucional.


Os 17 ODS e suas 169 metas

Para saber mais sobre cada um dos ODS, clique:

Artigo anterior
Próximo artigo
Eduardo Magregor
Criado por Eduardo Magregor jornalista, escritor, desenvolvedor de leis e projetos. O OLHAR DIGITAL- Blog digital popular é um veículo de informação sociocultural que esta ingressado no segmento de comunicação para fazer a diferença! O blog reuni com exatidão conteúdos de cunho suscetível, destinado a comunicar ou notícia com seriedade assuntos adjuntos ao nosso Governo no que se desfere em melhorias e benefícios. Dentre o proferido incluem-se matérias especiais, entrevistas e artigos das maiores autoridades, cases de empresas inovadoras, em suma, ter como finalidade levar ao conhecimento do público a expressão fiel dos fatos e a soma do bem atribuído à nossa sociedade.