Canadá já garantiu 10 doses de vacina da Covid-19 de graça por habitante

0
441

Chrystia Freeland, ministra de Finanças, afirmou que o país fez acordos que garantem a quantidade suficiente de imunizantes.

A ministra de Finanças do Canadá, Chrystia Freeland, afirmou que o país fez acordos que garantem o equivalente a 10 doses de vacina de graça contra a Covid-19 para cada cidadão.

“O Canadá garantiu o portfólio de vacinas mais amplo e diversificado que o de qualquer outro país do mundo”, disse Freeland, que é a primeira mulher a ocupar o cargo de ministra de Finanças no Canadá.

Ela foi responsável por executar um pacote de alívio de 100 bilhões dólares canadenses, o maior desde a Segunda Guerra Mundial, para tentar diminuir os impactos da pandemia.

De acordo com Chrystia, o Canadá investiu mais de 1 bilhão de dólares canadenses em acordos para que sejam obtidas sete vacinas diferentes. Quatro das farmacêuticas (Moderna, Pfizer, Astra Zeneca e Johnson & Johnson) entregaram seus produtos à Health Canada, agência reguladora de medicamentos, para análise.

Um representante da Moderna anunciou, também nesta segunda-feira (30/11), que o Canadá está no começo da fila e receberá uma grande quantidade de vacinas no primeiro semestre de 2021. Essa informação contradiz alguns políticos conservadores canadenses que chegaram a dizer que a nação estava no final da fila.

A Moderna afirmou que sua vacina demonstrou 94,1% de eficácia. Num total de 30 mil participantes da pesquisa em fase 3, foram 196 casos de Covid-19. Assim, a farmacêutica pediu à (Food and Drug Administration), a agência reguladora de medicamentos nos EUA uma autorização emergencial.

O Canadá fez um acordo para a compra de 56 milhões de doses da vacina da Moderna e 20 milhões de doses da vacina da Pfizer, segundo o jornal The Globe and Mail.

Fonte: Metrópoles.