Herdeiro impetrou ação para retirar casal do barulho de mansão no Lago Sul

0
654

Único herdeiro do último proprietário do imóvel em uma das áreas mais valorizadas do DF impetrou ação de reintegração de posse.

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) analisa pedido liminar de reintegração de posse da mansão na QL 8 do Lago Sul. O imóvel, em uma das áreas mais valorizadas do DF, está sendo usado por um casal, que ficou conhecido na vizinhança pelas festas de arromba promovidas no imóvel.

A ação foi movida por Ricardo Lima Rodrigues da Cunha, filho e único herdeiro do último proprietário do imóvel, o ex-presidente da Brasília Orlando Rodrigues da Cunha Filho, falecido em 25 de março de 2014. Como mostrou a Grande Angular, um segundo sucessor de Orlando abriu mão dos bens deixados pelo empresário.

Fonte: Metropoles.