Mineiro suspeito de agredir ex-namorada nos EUA volta para a cadeia

0
491
Caso aconteceu em 2018. O brasileiro Erick Bretz, agora, deve ficar detido por 30 dias.

O mineiro Erick Bretz, de 27 anos, foi preso por agredir a ex-namorada Melissa Gentz durante uma briga na cidade de Tampa, na Flórida (EUA). O caso ocorreu em setembro de 2018. Ela teve os cabelos arrancados e foi obrigada a ingerir soro fisiológico. Conforme relatos da moça no Instagram, a decisão da Justiça do condado de Hillsborough, também na Flórida, foi proferida no último mês e divulgada nesta terça-feira (10/11).

LEIA TAMBÉM:

Adolescente de 17 anos é estuprada por dois homens em via pública, em Brazlândia.

Coluna – Dani Salomão| Nada é questão de pele. Mas tudo é questão de respeito e justiça ao próximo.

Conforme a sentença, o jovem deve ficar detido por 30 dias. “Apesar dele não ter confessado o crime, ele fez uma declaração de não contestação. Com isso, o juiz decidiu que ele é sim responsável por ter cometido o crime, que no caso foi estrangulamento”, postou a vítima.

Fonte: Metrópoles.