PCDF ganha Departamento de Combate à Corrupção e extingue antiga Cecor

0
364

O departamento concentrará investigações sensíveis, que, por muitas vezes, atingem áreas de governo ou grandes facções criminosas.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) passa a apresentar em sua estrutura o novo Departamento de Combate à Corrupção (Decor). A alteração foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (14/10). A medida extingue a antiga Coordenação Especial de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Cecor). A medida atende a uma determinação do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) para a criação da estrutura de combate à corrupção nos 26 estados e no Distrito Federal.

Na PCDF, o novo departamento permanece sob o comando do delegado Leonardo de Castro, que chefiava a Cecor. Os delegados à frente das antigas divisões também foram mantidos, entre eles Wenderson Teles, na Divisão de Repressão à Corrupção; Ricardo Gurgel, na Divisão de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária; e Adriano Valente, na Divisão de Repressão ao Crime Organizado.

O departamento concentrará investigações sensíveis, que, por muitas vezes, atingem áreas de governo ou grandes facções criminosas, como o Primeiro Comando da Capital (PCC). De acordo com o diretor-geral da PCDF, delegado Robson Cândido, o crescimento na estrutura viabilizará ações de maior envergadura no combate à corrupção. “A PCDF e a população de Brasília poderá contar com ações mais incisivas e que tem como principal objetivo cortar, pela raiz, a corrupção na capital do país”, disse.

Segundo Cândido, a ação contra organizações criminosas de grande porte também será um dos focos principais do novo departamento. “Vamos intensificar as investigações e ações de combate direto a esses grupos criminosos que tentam se instalar no DF. Desarticular essas células é fundamental para garantir a segurança dos brasilienses”, ressaltou.

Fonte: Metropoles.