Professores Temporários do Distrito Federal : A prorrogação segue perto de acontecer devido ao risco a saúde dos profissionais 

0
560

A Secretaria de Educação quer mais tempo aos professores, pois o ano letivo da rede pública só acabará em 2021.

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE/DF) tenta implementar Projeto de Lei junto à Câmara Legislativa local (CLDF) para a prorrogação de contrato de professores temporários na rede pública de ensino da capital, uma vez que a pandemia forçou a extensão do ano letivo até janeiro do ano que vem.

Atualmente são cerca de 10 mil profissionais de educação que substituem afastamentos temporários.

Como funciona os trabalhos para o professor  temporário?

Os professores substitutos vão sendo chamados à medida que surgem carências temporárias, tais como afastamento para estudos, licenças médicas, prêmio e maternidade. São aqueles casos em que o professor titular da carreira magistério continua no exercício, porém, está afastado em caráter temporário. Os substitutos recebem de acordo com os períodos trabalhados”, explicou a pasta em nota.

Na dúvida pergunte. Desbravando opiniões. 

Em conversa com o Deputado Federal Julio César sobre o assunto, ele nos diz abertamente a preocupação com estes professores, tendo ele sido o primeiro Deputado que abraçou estes profissionais da educação em caráter temporário para buscar junto ao Governo do Distrito Federal esta prorrogação necessária devido aos riscos que todos correrão diante ao contágio causado pela Covid-19 na capital Federal e em outros estados.

*Imagem arquivo: Deputado Federal Julio César e comissão de professores temporários do Distrito Federal em encontro no dia 05 de outubro. Todos usando máscaras e em uso de álcool em gel tomando assim os devidos cuidados com a saúde de todos os presentes.
*Imagem arquivo: Deputado Federal Julio César e comissão de professores temporários do Distrito Federal em encontro no dia 05 de outubro. Todos usando máscaras e em uso de álcool em gel tomando assim os devidos cuidados com a saúde de todos os presentes. Relata.

” A SAÚDE DESTES PROFISSIONAIS NÃO PODEM SER COLOCADAS EM RISCO “.

Estamos vivendo um momento de atenção à saúde é o fato da pandemia não ter acabado segue sendo um marco zero para nós atentarmos à isto, a segunda onda da contaminação pelo vírus que vem ocorrendo Europa a dentro nos faz ligar as antenas,  se não cuidarmos do agora isto poderá ser algo real em nosso país e aqui em Brasília, por isto todos os cuidados com a vida humana devem ser tomados com a máxima sabedoria. Diz Júlio César. 

Professores temporários do Distrito Federal. Palavras ditas em 05/10 pelo deputado em reunião com a comissão.

Uma vez que a educação precisa andar na direção certa, sempre em busca de transformações, se aprofundando cada vez mais no conhecimento interior. E aqui estão eles, professores  temporários que atuam com muita força e dedicação, sendo eles uma base de valor incontestável do desenvolvimento do alicerce que se aprofunda no processo de mudança do ensino em nosso país. Ressaltou o Deputado na ocasião. 

LEIA MAIS:

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL: ” Eu venci a covid-19 “, diz Leandro Cruz na saída do hospital rumo ao seu lar.

Governo do Distrito Federal anuncia 56 unidades no Varjão.

Em 2020, 821 foram nomeados

Ainda de acordo com a Secretaria, em 2020 foram nomeados 821 professores efetivos. “Destes, 184 não tomaram posse e as novas nomeações para ocupação destas vagas foram assinadas pelo governador Ibaneis Rocha.”

A educação no DF tem protagonizado novamente, desde a sexta-feira (23), novo entrave entre o governo local e a Justiça, desta vez na esfera do ensino público. No fim da tarde da terça-feira (27), decisão tomada pelo desembargador João Egmont, do Tribunal de Justiça do DF e Territórios suspendeu o retorno presencial às aulas nas escolas públicas, defendida pela Vara da Infância e da Juventude do mesmo órgão, e apoiada pelo Ministério Público do DF e Territórios.

Sobre a questão, o Secretário de Educação do DF, Leandro Cruz, deixou clara a satisfação quanto à decisão em publicação nas redes sociais.

“A Justiça entendeu nossas razões a respeito da retomada das aulas presenciais”, iniciou. “Somos responsáveis pela segurança sanitária dos nossos estudantes, seus pais/responsáveis e avós, dos nossos professores, profissionais da educação e de suas famílias.”

Apesar de ainda não ter definido por completo o plano de retorno presencial e dinâmica do ano letivo para 2021, as aulas in loco devem voltar em março do ano que vem.

A prorrogação do contrato dos Professores temporários do Distrito Federal com representação LEGITIMA DA COMISSÃO MONTADA que lutou organizadamente defendendo o sentido da vida acima de tudo, junto aos poderes, Secretaria de Educação, poder executivo e por fim nas mãos do Legislativo.  Agora todos eles estão prestes a ver a prorrogação dos contratos acontecer. São 11 mil profissionais da educação em prestação de serviços ao Estado.

Frases usadas pela Comissão de Professores Temporarios do Distrito Federal em suas redes sociais.  

” Tempos difíceis, exigem amor a vida”.

” Aquele que não tem tempo para cuidar da saúde vai ter que arrumar tempo para cuidar da doença. “

” A nossa causa é pela vida dos 11 mil profissionais que estão lutando para não perecerem ao vírus “.

Fonte: Blog Olhar Digital.