Coluna – Dani Salomão | A beleza não é sinônimo de qualificação, e também não deveria ser motivo de constrangimento algum

0
645

Você gostaria de aprender que assédio nada tem a ver com elogio?

Diante do que muitas mulheres passam em seu dia a dia, o assédio está empreguinado nas atitudes das pessoas por muito das vezes a sua frente. Na dúvida existente nos responda em nossa coluna, pois teremos um imenso prazer em participarmos ali JUNTOS deste tema importante a se discutir.

Perguntas:

Em algum momento já te interromperam para falar da sua beleza?

Em decorrência no seu dia a dia, Você já ouviu algo a seu respeito que te deixou constrangida?

Já tocaram em você sem a sua autorização ou consentimento?

Certamente se você é mulher talvez já tenha passado por alguma das situações descritas acima. Em nossa realidade, relatar um assédio sexual não é fácil. E não importa qual a natureza dele: seja verbal ou físico, destro deste tema ainda há uma imensa dificuldade em apontar tais questões. Hoje devemos sim problematizár as coisas e, principalmente, diferenciar o assédio de um elogio.

Encontrei um vídeo da Julia de Faria em seu Canal do Youtube, assistam .

Assédio x Elogio

“Em algum momento da nossa vida iremos ter que nos ater ao que se distingue como certo e errado duramente a se falar e a nos posicionamos frente a ele sem pestanejar. O assédio é algo muito grave e por suas vestes ou inúmeras facetas se faz muito explícito e todas as outras coisas entram no lugar do elogio desencadeando intenções que ali não existem, mas, a outra pessoa precisa ter o desarme da situação através da sua reação e assim haver o corte da raiz não permitindo germinar tal semente destrutiva por um mero acaso em concordar/aceitar aquilo.

Hoje devemos descobrir o que é um elogio e separar um pouco o joio do trigo.”

A dominação masculina na sociedade e as diferenças que se arrastam do passado ao presente momento banalizam comportamentos e normas entre sexos destintos. No machismo, é “natural” que a mulher assediada corresponda ou se cale diante da abordagem. Não, ISTO NÃO PODE SER ALGO NORMAL, Afinal, o pensamento dominante e que atinge as mulheres é de que ela vive em função do homem e foi feita para ser “cortejada”. Nos contos de fadas sim, o príncipe encantado existe e torcemos que um dia ele venha a surgir a nossa frente mais não em forma de cavalo mais sim montado nele como manda o figurino para uma conquista saudável. Homens se comportem, pois o nosso sentimento em situações assim? Mais provocam o Medo do que qualquer sinônimo de encantamento.

 

*Imagem por: UFMG.
O diário de uma mulher em crecimento:

“Quando eu era uma adolescente, eu gostava de andava pelas ruas da minha querida cidade. Ali em minhas caminhadas sempre passavam carros e buzinavam frequentemente para mim. E eu me sentia super alto astral achando eu ali que estava arrasando por ter comigo algum tipo de beleza assim como outras mulheres no mundo. Nos dias de hoje, pelo agora eu consigo diferenciar claramente um elogio genuíno de um assédio diário do qual nos mulheres sofremos.

Por definição, assédio sexual é:

Todo comportamento indesejado de caráter sexual, sob forma verbal, não verbal ou física, com o objetivo ou o efeito de perturbar ou constranger a pessoa, afetar a sua dignidade, ou de lhe criar um ambiente intimidativo, hostil, degradante, humilhante ou desestabilizador.

” VERDADES COM OPINIÃO- DANI SALOMÃO “

Fonte: Blog Olhar Digital.