COLUNA – DANI SALOMÃO | O mundo esta em constante evolução. Quais são as suas virtudes em sua década?

0
494

Todos nós podemos ser virtuosos. Desenvolver qualidades como caridade, amor e honestidade, entre outras, é como cultivar uma planta desde a semente. Regando-a diariamente, ela criará raízes fortes e dará frutos que vão alimentar não só você, mas o mundo inteiro.

As virtudes estão entre nós. E sempre estiveram. Do Oriente ao Ocidente, entre ricos e pobres, budistas e cristãos, judeus e mulçumanos, elas norteiam as ações e o comportamento humano. Compaixão, solidariedade, bondade e coragem.

Em cada época, em cada cultura, algumas são mais valorizadas, outras menos, acompanhando as transformações da sociedade. Reuni-las todas, ao mesmo tempo, pode ser tarefa apenas à altura de alguém iluminado ou santificado. Mas todos podemos desenvolver várias delas, com determinação. Assim, nos tornamos mais fortes, equilibrados, doces. Mais humanos.

No século 4 a.C. o filósofo grego Aristóteles definiu a virtude como a disposição para fazer o bem. Disse também que o conjunto delas é um patrimônio de nós todos por expressar nossa capacidade de agir humanamente. “As virtudes são um tesouro coletivo, que cada um pode lapidar dentro de si”.

Essas qualidades fazem parte do DNA humano, “São valores tão antigos quanto o homem.

Fonte: Blog Olhar Digital.