Mãe de 45 anos é agredida pelos 2 filhos na cidade Itapoã

0
445

 A violência dos filhos contra as mães também está inserida na Lei Maria da Penha. Você sabia?

O que fazer quando um filho agride sua mãe?

Por: Eduardo Magregor.

A finalidade da Lei Maria da Penha é a proteção da mulher em situação de fragilidade e vulnerabilidade diante do homem ou de outra mulher, desde que caracterizado o vínculo de relação doméstica, familiar ou de afetividade.

Grande parte da população acredita que a Lei Maria da Penha é aplicada apenas nas relações afetivas entre companheiro/companheira. Mas a violência dos filhos contra as mães também está inserida nessa Lei.

As agressões contra as mulheres no âmbito doméstico e familiar vêm de onde menos se espera e as formas de agressões não são apenas físicas, são de várias formas como psicológica, sexual, patrimonial e moral.

Na maioria das vezes a vítima sofre em silêncio por medo de denunciar o agressor e sofre ainda mais após denunciá-lo ou então pela vergonha em pedir ajuda ou em expor a violência à família, amigos ou a polícia.

A DENÚNCIA TENDE SER A SUA MELHOR ARMA DE COMBATE À ESTES TIPOS DE AGRESSÃO/CRIME.

Em caso recente no Distrito Federal, a ocorrência foi na cidade satélite Itapoã

Onde  uma mulher de 45 anos foi agredida pelos próprios filhos.

De acordo com a Polícia Militar, os filhos, de 15 e 17 anos, contaram com a ajuda de um colega de 17 anos para cometer as agressões. Além dos chutes e socos, um dos jovens passou com uma bicicleta por cima da mulher.

Os três adolescentes também teriam feito ameaças. O mais velho disse à mãe que colocaria fogo na casa dela quando ela saísse para trabalhar. Falou ainda que pegaria uma arma com um amigo para matá-la.

A cena chocou os vizinhos, que acionaram a PMDF.

Um dos filhos, o mais velho, foi encontrado na casa do pai e o mais novo de 15 anos foi encontrado em uma residência localizada na chácara conhecida como Boqueirão. Com ele, os PMs encontraram um revólver calibre .32. No imóvel, também foram encontrados seis pés de maconha. Os dois tentaram fugir mas foram surpreendidos pelos policiais.

O trio foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Denúncia

Enfim, a agressão contra a mulher, seja pelo motivo que for, é crime.

Portanto, é aconselhável que quem sofre algum tipo de agressão nessa situação não se cale, denuncie o agressor ou procure uma delegacia mais próxima de onde mora e registre imediatamente um Boletim de Ocorrência para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Ligue 180.

Fonte: Blog Olhar Digital.